Se você anda desacreditado no amor, o trabalho fotográfico de Lauren Fleishman intitulado “The Lovers” conta a história de casais idosos que estão juntos há mais de 50 anos.

Lauren afirma em seu site que se inspirou no relacionamento de seus avós para dar início ao projeto. Ela encontrou uma série de cartas de amor trocadas pelos dois durante a Segunda Guerra Mundial, que falavam sobre um jovem amor carregado de expectativas para um futuro juntos.

Apesar de todas as dificuldades vividas no passado, o casal hoje com 59 anos de união, fez com que Lauren procurasse outras histórias emocionantes para documentar e provar que é totalmente possível encontrar um amor para a vida inteira.

Veja abaixo alguns retratos retirados do livro, com um trecho de cada relato:

Yevgeniy e Lyubov Kissin

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (1)

“Nós nos conhecemos dançando em uma festa. Era janeiro de 1938. Meu amigo me convidou para uma festa e disse que havia um monte de belas jovens por lá. Um cadete com botas de cano alto se aproximou dela, mas ela não gostava de botas de cano alto e por isso disse não a ele. Eu fui o segundo a se aproximar dela. Eu vestia um uniforme diferente, mas ainda não tenho certeza se foi o meu uniforme ou o meu rosto que fez ela se atrair por mim.”

John e Sherma Campbell

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (2)

“Quando o amor começa, você acha que se amam o máximo possível. Mas o amor cresce ainda mais a medida que o tempo passa e você adquiri novas experiencias. Agora nesta fase do jogo, eu a amo ainda mais e não posso nem imaginar minha vida sem ela. “

Gino e Angie Terranova

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (3)

“Você realmente não pensa sobre envelhecer. Como vocês estão envelhecendo juntos e se vêm constantemente, acaba não percebendo grandes mudanças. Assim como você não pensa “oh, você está ficando com um pouco de rugas aqui e amanhã você nota que ela ficou um pouco mais profunda.” Você acaba não prestando atenção a essas coisas. Eu não penso “Oh meu Deus, estou casada com um homem velho!” e espero que ele não pense assim também.”

Moses e Tessie Rubenstein

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (4)

“Todos os dias minha esposa expressa seu amor por mim. Ela diz: “Eu já te disse o quanto eu te amo hoje?” Todos os dias ela me diz isso.”

Aldo de’Spagnolis e Maria Filiozzi de’Spagnolis

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (5)

“Quando eu a vi pela primeira vez, ela estava 14 anos e eu com 22. Se havia alguma preocupação de que ela era jovem demais para mim? Não! Até agora eu pareço uma criança! Sim, eu ainda sou jovem”.

Ykov e Mariya Shapirshteyn

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (6)

“Qual é o segredo para amar? Um segredo é um segredo e eu não revelo os meus! “.

Itig e Golda Pollac

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (7)

“Nós nos conhecemos antes da guerra, mas nunca havíamos nos falado. Ele estava com outras meninas, porque era muito, muito mais velho do que eu. Você sabe, ele era muito bom no olhar! Ele era um alfaiate e fazia ternos para homens. Quando voltou da guerra, nós ficamos juntos. Em agosto deste ano, vamos fazer 63 anos de casados. Eu diria que o amor veio pouco a pouco, não de imediato, éramos jovens e ele era mais velho, mas eu gostava dele. Ela falava comigo de uma forma muito agradável.”

Fred e Fran Futterman

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (8)

“Os tempos eram diferentes. Nós nos conhecemos em 1939 e não tínhamos muito dinheiro. Então, sempre nos reuníamos na casa de nossos amigos. Não havia essas coisas como sair para jantar em datas comemorativas. Então, em vez disso, nós apreciávamos a companhia um do outro.”

Jake e Mary Jacobs

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (9)

“Jake me disse: “Seria possível eu me casar com você?’ E eu respondi: “possível, mas não provável!”. E assim foi. Não era provável que eu iria me casar com ele, e ele sabia disso. Então, quando ele voltou para sua casa em Trinidad, meus pais deram um suspiro de alívio. Mas depois ele me escreveu e disse: “Eu estou pensando em voltar para a Inglaterra… “.

Leon e Harriett Bolotin

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (10)

“Eu sempre soube que ia ser Harriett.”

Jin Lin Chen e Lai Mei Chen

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (11)

“Nós nos conhecemos quando vivíamos na China. Eu estava de férias em outra cidade e só nos vimos durante três dias. Vivíamos muito distantes e quando voltei para casa, nós mandávamos cartas. Naquela época, não tinha sequer um telefone! Nós escrevíamos cartas toda semana, mas demorava cerca de 20 dias para que elas chegassem um ao outro. Fizemos isso durante cinco anos.”

Joseph e Dorothy Bolotin

série_fotos_casais_idosos_lauren_fleishman_tramp (12)

“Eu nunca penso em termos de anos, eu penso em termos de bons anos. No amor, o romance quente não dura para sempre. Então, eu diria que sim, eu acho que o amor muda. Eu diria que ainda nos amamos . É com foco, fazendo pequenas coisas. Ele é um homem incrível.”